Resumo de Os Lusíadas por Ricardo Araújo Pereira

O Resumo de  Os Lusíadas, por Ricardo Araújo Pereira, é um texto humorístico do autor e recomendamos vivamente a sua leitura!

Luís Vaz de Camões nascido em Lisboa a 10 de junho de 1579 ou 1580 foi um poeta Português, considerado uma das maiores figuras da literatura lusófona e um dos grandes poetas da tradição ocidental.

Os Lusíadas é considerada a epopeia portuguesa por excelência. O próprio título já sugere as suas intenções nacionalistas, sendo derivado da antiga denominação romana de Portugal, Lusitânia. É um dos mais importantes épicos da época moderna devido à sua grandeza e universalidade.

A epopeia narra a história de Vasco da Gama e dos heróis portugueses que navegaram em torno do Cabo da Boa Esperança e abriram uma nova rota para a Índia.

Resumo de Os LusíadasImagem: wikimedia

Resumo de Os Lusíadas

Os Lusíadas é um coiso épico, mesmo, quer dizer que é escrito com uma cagança, mesmo fanfarrona – “tá ali uma coisa de artista, porque é tudo a rimar, só que às vezes não se percebe bem o que ele diz, mas, mais ou menos, aquilo é a história…” é o Vasco da Gama, que quando começa já vai em Moçambique, e um gajo pensa, isto é bem feito, vamos logo ao que interessa, já estamos quase a chegar à Índia, só que o Vasco da Gama vai falar com um rei e pena “Tu tens a mania que és fino, mas eu vou-te mostrar quem são os portugueses” e começa-lhe a contar a história de Portugal desde o princípio, tudo explicadinho, como é que foi, como é que não foi, quando dá por ela, está no Canto VI e diz ele:

“-Eh pá, olha para as horas, vamos andando que ainda temos de passar na Índia, que eu não me posso esquecer de lá ir”.

Foram-se embora, anda à porrada com Mouros e Deuses muito antigos, borram-se todos lá com o monstro que aparece, mas vale a pena, porque chegam a uma ilha que tem gajas mesmo boas, mesmo ótimas gajas, depois voltam para Portugal.

Moral da história:

  • Se queres ir às gajas, vai no estrangeiro, estás à vontade e a tua mulher não sabe de nada. Isto aqui é um meio muito pequeno e sabe-se tudo sempre e, além disso, quando dás por ti, estás na cama com a tua irmã. Assim, vais à Índia e estás sossegado, porque, em princípio, lá não tens parentes.

 

Se gostaste deste nao vais poder perder:

Resumo de Os Maias por Ricardo Araújo Pereira

 

Para mais diversão, segue os links:

Deixa o teu comentário, não precisa de registo

error: